terça-feira, 19 de junho de 2012

Justiça com as próprias mãos

Moradores do povoado Pedra do Salgado, pertencente ao município de Vitorino Freire, manisfestaram sua revolta em frente a delegacia da cidade. O motivo de tamanha revolta, foi um latrocínio (roubo seguido de morte) contra um morador daquele povoado ocorrido no dia 07 do corrente mês. O homem trafegava pela estrada de chão que liga o povoado ao município, quando foi surpreendido por um bandido que lhe exigiu a moto. Ao que tudo indica, a vítima reagiu e foi atingida por três disparos fatais.
O bandido foi preso e os moradores, revoltados com o crime, suspeitaram que o assassino poderia está detido em Vitorino e se deslocaram em massa para a frente da delegacia. O objetivo era linchar o suspeito. Alguém pode tirar a razão dos revoltosos? acredito que não, afinal, a vítima poderia ser qualquer um deles, sem falar que era um membro daquela comunidade e conhecido por todos.
Segundo informação, o suspeito do crime encontra-se detido em Pedreiras. Os moradores não conseguiram seu intento, mas manisfestaram seu inconformismo e deram um grande exemplo de civilidade e inconformismo. Nossa cidade está cada dia mais violenta, precisamos desse tipo de manifestação para mostrar aos políticos e autoridades que o povo quer muito mais que belos discursos e falsas promessas. As eleições estão chegando... não nos deixemos levar por acalorados discursos e falsas promessas de comício.  Precisamos de políticas públicas efetivas. Mais educação, segurança pública, ordem nas ruas e combate ao tráfico de drogas e assistência aos viciados, que são muitos em nossa cidade. As drogas têm destruído nossas famílias e arrastado nossos jovens para o mundo do crime.

Um comentário:

  1. e na verdade nem se sabe se o meliante esta preso na verdade forão buatos de que ele estaria detido em Pedreiras mas se como a justija entodo estado e uma eca ficou por isto mesmo mais como em Vitorino freires so da ladrão na adiministração publica a justiça tem que ser feita mesmo com as proprias mãos

    ResponderExcluir

Aguarde! Publicaremos seu comentário.