terça-feira, 29 de maio de 2012

ENEM

Já estão abertas as inscrições para mais um Exame Nacional do Ensino Médio, o famigerado, polêmico e concorrido  ENEM. As inscrições vão de 28 maio a 15 de junho somente pelo site do INEP.

Em Vitorino, o ENEM mobiliza quase a totalidade dos estudantes aptos a prestarem o exame, entretanto, apesar da empolgação inicial, após a divulgação das notas surge uma questão complicada e decisiva... e agora? O que fazer com a nota do ENEM numa cidade onde não existe ensino superior ou técnico (público ou privado) que tenha como forma de seleção para ingresso a nota do exame? Para quem mora em Vitorino e em outras tantas cidades pequenas Brasil a fora, conseguir uma boa nota “é o de menos”, o desafio mesmo vem depois.

Após constatar que obteve uma boa nota, o aluno vislumbra a possibilidade de ascender ao ensino superior, se inscreve no SISU ou ProUni e dias depois recebe um email parabenizando por ter sido selecionado; o sonho que parecia distante, bate a porta de repente; euforia, empolgação, festa, sorrisos e cumprimentos dos amigos... mas, passada toda a agitação, a ficha cai...

Para alguns, o sonho continua; para a maioria, o sonho acaba antes mesmo de começar. Sair de casa e deixar tudo para trás não é para qualquer um. Além de ter que abrir mão de muitas coisas, o estudante precisa ter alguma estrutura financeira ou contar com a solidariedade de amigos que o possam receber em outra cidade, como é o caso do amigo Hedson Arruda, que atualmente cursa Direito no Rio de Janeiro, mas que passou por todo esse processo antes.

Infelizmente, para quem mora em Vitorino, cursar o ensino superior  ainda é sinônimo que “ir embora”, há a possibilidade, e muitos optam por ela, de estudar em Bacabal (UEMA, UFMA e IFMA), mas a oferta de cursos e vagas é muito limitada.

sábado, 19 de maio de 2012

Diário de Bordo


Essa postagem foi produzida pelo amigo Edvalson Bezerra Silva (Mocoin), que nos encontrou acidentalmente na rede e já se tornou sócio do blog. Ele encarou o desafio de fazer o percurso de Planaltina-DF a Vitorino Frerie-MA por terra, em carro próprio. Registrou os diferentes lugares e paisagens e fez questão de editar e mandar pra gente um apanhado de tudo que viu. Confira aí. 


Diário de Bordo



Registro fotográfico da viagem Planaltina-DF/ São Luis/Vitorino Freire, MA



Marco de 2012



Mocoin




Alto Paraíso, Goiás: disco voador estilizado. A população local acredita que a cidade é um campo de pouso de discos voadores

Ponte sobre o Rio Tocantins: Na cidade de Lajeado, TO, próxima a Palmas, esta bonita ponte substitui as balsas.

Boiada na estrada de Goiás: centenas de bois disputam a estrada com os carros. Em todo o percurso (Planaltina/São Luis/Vitorino) os buracos também ditam a velocidade.

Babaçual: Essa é a vista que se tem da janela do carro, no percurso entre Bacabal e Vitorino Freire, MA.


A praça de Vitorino Freire: o movimento começa antes do dia clarear.

Transporte de estudantes em Vitorino Freire, MA. Nenhuma preocupação com a segurança: uma vergonha! 

Ponte sobre o Rio Grajaú, em São João do Grajaú, município de Vitorino Freira, sendo refeita. A anterior caiu na primeira enchente: um monumento ao desperdício do dinheiro público!

Fabricação artesanal de farinha de puba (produzida com a mandioca amolecida, fermentada na água): comida típica e um patrimônio cultural do Maranhão. 

Pintura a óleo, de autoria de Elza Fernandes, mostrando as quebradeiras de coco babaçu e a produção de carvão feito com a casca do coco.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Registro histórico da nossa cidade

Relíquias da História de Vitorino. Se você que também ama essa cidade e tem algum registro do nosso passado, compartilhe com a gente e nos ajude a contar momentos de nossa História
Ônibus Empresa S. Jerônimo 1967. Linha Vitorino a Bacabal

Praça de Vitorino em 1960