terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Sarney se fantasia de poeta e cai na folia


No carnaval maranhense a agremiação Flor do Samba tentou homenagear os grandes poetas maranhenses, uma excelente ideia se não tivesse, como sempre, o dedo da família Sarney. Tá na cara que existe aí mais um jogo político do coronel. Alguém duvida que a família Sarney não liberou uma grana para a escola colocar José Sarney entre os grandes poetas maranhenses ao lado de Gonçalves Dias? Chega a ser até engraçado se não fosse revoltante. Além de ferrar com o povo, ainda quer se colocar como grande poeta, ao nível Gonçalves Dias. Alguém pode até dizer: "mas ele é membro da Academia Brasileira de Letras"!... e daí?! Ano passado a Academia  concedeu a Ronaldinho Gaúcho a medalha Machado de Assis, nada contra o jogador, até sou fã dele, um gênio, mas com a bola nos pés somente, com as letras não; ainda não vi nada que ele tenha escrito ou publicado.

Existem centenas de outros poetas do passado e do presente que merecem por mérito, diga-se de passagem, está entre os grandes nomes da nossa poesia; nomes como João do Vale, Arthur Azevedo, Aluísio Azevedo e tantos outros.
Por favor... Se é pra homenagear os poetas... que sejam eles os homenageados e não políticos que querem só aparecer e continuar sendo algozes de um povo sofredor.
Nota zero para essa Escola. O clã, além de phuder com o povo maranhense, subestima nossa inteligência... Sarney e Joaquim Haickel entres os grandes poetas da terra... conte outra... só mesmo em um carro alegórico em pleno carnaval. há há há há há há vivas ao carnaval!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguarde! Publicaremos seu comentário.