quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Caso curioso

Uma senhora chegou à delegacia de polícia de Vitorino esbravejando, desesperadamente, que o filho tinha se matado e que a esposa do suicida encontrava-se trancafiada dentro da casa após ter sido mantida como refém por ele antes de se matar. Os policiais se deslocaram rapidamente para o endereço indicado pela mulher e, para surpresa de todos, não havia nada de anormal no local.

Não se sabe o que motivou a mulher a mentir na cara dura para as policiais. Talvez ela quisesse passar um trote, mas pra não gastar com a ligação, resolveu ir pessoalmente.

Um comentário:

Aguarde! Publicaremos seu comentário.