sábado, 18 de abril de 2009

Repercussão, em Vitorino Freire, da cassação de Jackson Lago

Muito barulho! Foi o que aconteceu em Vitorino logo após ser proferida a sentença a favor da cassação de Lago. Digo muito barulho porque, realmente, foi só barulho que houve, uma vez que, o número de pessoas era ínfimo; pessoas que nada entendem de política e querem, antes de qualquer coisa, benefícios particulares em detrimento do bem coletivo. Será que essas pessoas não enxergam as sanguessugas que acabam de retomar a liderança maior do Estado? O Maranhão é um dos Estados mais pobres do país, será por acaso?... Acho que não! Se levarmos em conta quantos anos essa família já passou no poder; Manipulando um povo carente, principalmente, de educação através dos meios de comunicação de massa e várias outras mídias. E essa grande massa de manobra, alienada e apaixonada por seu próprio algoz, pula e marcha em direção ao seu fim, tal qual o caçador que atrai sua presa com iscas fáceis. Estamos mais uma vez sendo submetidos à oligarquia de uma família que há muito tempo já foi repudiada pela maioria do povo maranhense; Volta ao poder, porém, pela porta dos fundos, tal qual o espertalhão que entra na festa sem ter sido convidado. Será que é justo punir o povo dessa forma; ou seja, se o candidato A (eleito) errou é claro que deve ser punido, mas quem garante que o povo quer o candidato B (segundo colocado) como substituto do que foi cassado? Não seria mais justo que se realizassem novas eleições para que o povo escolhesse, por meio do sufrágio universal, a pessoa que iria substituir o cassado? O povo maranhense acaba de sofrer um duro golpe no seu direito constitucional de escolha dos seus representantes. Mais uma vez questões flagrantes de puro interesse político é resolvido no tapetão. E há quem comemore... pode?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguarde! Publicaremos seu comentário.